quinta-feira, 16 de março de 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO



Senhores Luminenses e em especial os profissionais da educação da nossa cidade, venho neste momento esclarecer a informação mentirosa de que alguns vereadores são contra a votação do projeto lei que trata do reajuste salarial do profissional do magistério. Esta informação é MENTIROSA! O correto é que o senhor presidente da câmara resolveu  iniciar a sessão no horário previsto em nosso regimento, até aí acho louvável tal atitude em cumprir rigorosamente o que está escrito no regimento interno da casa, mas, queria nesse momento fazer uma reflexão sobre a atitude tomada pelo nobre vereador. Desde o início do ano legislativo, as sessões nunca iniciaram dentro do horário previsto no regimento, aí eu lhes pergunto: Porque abrir a sessão, e logo em seguida encerrá-la por falta de quórum? Uma vez que é habitual desta casa iniciar as sessões as 09h40min da manhã. Não quero acreditar que o nobre presidente tomou tal decisão apenas para inviabilizar os projetos de Leis enviados pelo poder executivo.
Por fim, gostaria de lembrar e ressaltar que sou uma servidora pública de carreira na área da saúde atuando como Enfermeira, Educadora por paixão e conduzo uma Escola Comunitária deixada por minha saudosa mãe, a Senhora Anacleta. Venho reafirmar o meu compromisso e militância em prol da educação.

 Vereadora Ana Lúcia

quinta-feira, 2 de março de 2017

O PAU COMEÇA A CANTAR NA CABEÇA DE MARINHO DO PAÇO






O presidente da câmara de vereadores de Paço do Lumiar - MA, Marinho do Paço encontra-se enrolado com o seu financiadores. Segundo informação de uma fonte o presidente do poder legislativo de Paço do Lumiar até o presente momento não conseguiu pagar as ativas contraídas no seu processo de eleição para presidência do poder legislativo.
Segundo a fonte, Marinho solicitou ajuda de um ex.vereador da cidade de São José de Ribamar para viabilizar o dinheiro para custear a hospedagem do G9, grupo que lhe deu a eleição da presidência da casa legislativa. O ex. vereador viabilizou o pagamento da hospedagem através de um cartão de credito que ele conseguiu emprestado de um amigo que já tinha o hábito de lhe prestar tal favor, o problema é que até o presente momento Marinho do Paço não reuniu as condições financeiras para pagar sua divida.
A tal fonte relatou que Marinho do Paço imaginava que iria sentar encima de uma mina de ouro, mas a unica coisa que ele encontrou foi o Ministério Público na cola dele.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

PEC do Teto dos Gastos Públicos é aprovada em 2º turno; falta votar destaques




O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em segundo turno, o substitutivo para a PEC do Teto dos Gastos Públicos (Proposta de Emenda à Constituição 241/16). O texto, de autoria do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), impõe limites para os gastos federais para os próximos 20 anos. A proposta contou com 359 votos favoráveis e 116 votos contrários.
Os deputados precisam analisar ainda os destaques apresentados à matéria. Uma nova sessão extraordinária será iniciada para a votação desses destaques.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Prefeitura de Paço de Lumiar e Governo do Estado iniciam obras de asfaltamento das principais vias na zona rural e urbana do município







Foram iniciadas, esta semana, as obras de asfaltamento de diversas avenidas e vias de grande circulação em Paço do Lumiar. Os serviços de recuperação da malha viária urbana e rural do município estão inseridos no ‘Programa Mais Asfalto’, como resultado do convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado.
O mutirão inclui serviços de recomposição da camada asfáltica,  drenagem superficial e reforma da sarjeta e meio-fio. As obras vão impactar diretamente na melhoria da trafegabilidade de veículos e de pedestres que precisam se deslocar todos os dias por estes acessos.
De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Urbanismo, Trânsito e Transporte (Sinfra) as obras atendem às solicitações encaminhadas pela Administração Municipal ao Governo do Estado, já que os trechos mapeados pela equipe técnica de Paço do Lumiar estão incluídos no cronograma de execução do Mais Asfalto.
As melhorias foram efetivadas conforme mapeamentos das vias e o grau de comprometimento viário, beneficiando o escoamento da agricultura e acesso ao Maiobão e adjacências. O Governo está atendendo aproximadamente 10 dos 20 km de asfalto que haviam sido solicitados pelo município. Nesta etapa, estão sendo recuperados trechos da Avenida 10 do Maiobão, próximo à feira da Estrada de Ribamar na MA – 201, bem como as estradas do Sítio Grande e da Pindoba.
Avenida 13 – Como parte do plano de melhoria da malha viária de Paço do Lumiar, a Prefeitura Municipal concluiu, no mês passado, os trabalhos asfaltamento de toda Avenida 13 do Bairro Maiobão. No local, foram feitas ainda a desobstrução de 14 bueiros e galerias, bem como a nova sinalização, meio fio e a revisão da rede de iluminação pública.
A operação foi executada com recursos da Gestão Municipal, que priorizou, também outros trechos das vias públicas de bairros e comunidades de Paço do Lumiar, melhorando a qualidade de vida das pessoas, a mobilidade urbana e a economia local. Ainda este mês, segundo a Sinfra, serão feitos serviços na Avenida 14 e no corredor de ônibus.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Prefeitura de Paço do Lumiar e SEMA tratam sobre os impactos causados pelos resíduos sólidos no município




O prefeito municipal de Paço do Lumiar, professor Josemar Sobreiro (PR) foi recebido nesta quarta-feira, 21, pelo Secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, para tratar sobre o destino final dos resíduos sólidos do município. Na oportunidade, participaram também da reunião, o vice-prefeito Marconi Lopes, a secretária de Meio Ambiente, Andreia Seguins Feitosa, a procuradora adjunta do Município, Jacqueline Silva, Ronald Abreu Coordenador de Meio Ambiente de Paço do Lumiar e técnicos em meio ambiente.
Durante a audiência foram iniciadas tratativas entre estado e município para a condução do Plano Municipal de Resíduos Sólidos – PMRS. Na extensa pauta de discussões foram abordadas também, questões como a regularização fundiária, agricultura familiar, e meios legais por meio de parcerias com órgãos competentes, com vistas à geração, seleção, descarte, tratamento e destino dos resíduos.

De acordo com o prefeito, Josemar Sobreiro, “o ajuste é necessário para a cooperação em torno da condução da destinação final dos resíduos, problema que aflige todos os municípios maranhenses”.

Nova agenda – Após exposição das propostas do poder público, contidas no Plano Municipal de Resíduos Sólidos, os gestores acordaram uma nova reunião para o dia 28 de janeiro, com a participação de representantes do ITERMA, SAF, Prefeitura de Paço do Lumiar, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e sociedade civil, por meio das lideranças comunitárias.

Paço do Lumiar retomou, este mês, as audiências públicas de apresentação do PMRS. As comunidades da Sede, Pindoba e Iguaíba foram as primeiras a conhecer as diretrizes do plano e puderam contribuir com propostas a serem implementadas ao documento.

O PMRS prevê o fechamento do lixão de Paço do Lumiar e defende a instalação de um aterro sanitário municipal, em consonância com Lei Federal Nº 12.305, de 02 de agosto de 2010.


'Le Monde': historiador diz que saída de Dilma não resolverá crise brasileira


Laurent Vidal aponta a discriminação como um dos demônios do passado do país


Em uma publicação do jornal Le Monde desta terça-feira (26), o historiador Laurent Vidal analisa a atual crisebrasileira. O especialista relembra fatos do passado do país para explicar o contexto atual e afirma que a solução vai além da saída da presidente do poder.
Ao jornal francês, Laurent Vidal, que lecionana Universidade de La Rochelle, explica que a crise que o Brasil enfrenta desde a reeleição de Dilma Rousseff, em outubro de 2014, revela a sociedade brasileira de hoje, que longe de ser o “país do futuro”, está ligada ao presente e capturada por seus demônios do passado. Um dos primeiros demônios, segundo o professor, é a questão da discriminação, que vem sendo ressaltada desde a vitória de Dilma. Para ele, um dos estopins foi a mídia nacional, que logo após os resultados, divulgou mapas do Brasil onde era possível ver claramente uma divisão da nação: de um lado, na metade superior, os estados do norte e nordeste, pintados de vermelho, que teriam uma maioria de votos para a presidente e, do outro, pintados de azul, os estados que de onde viriam a maior parte dos votos do rival Aécio Neves. 
Historiador analisa crise brasileira de acordo com sua história, desde os tempos da corte portuguesa
Historiador analisa crise brasileira de acordo com sua história, desde os tempos da corte portuguesa
“Esse retorno dessas duas faces do Brasilesconde principalmente uma forma de desprezo social, que se instalou no coração dos brasileiros. O excluído hoje não é apenas aquele que sofre das carências materiais, mas também aquele que não é reconhecido como sujeito digno de se pronunciar sobre uma escolha política e social”, analisa o professor nas páginas do Le Monde.
Vidal também chama atenção para o fato de que “a luta contra a corrupção, reivindicada pelos adversários da presidente, é um elemento clássico da história do país”. Ele lembra que, em 1808, o primeiro jornal brasileiro já falava dos danos que ela provocava na corte portuguesa exilada no Brasil, conclui. 
“O impeachment não resolverá a crise profunda que atravessa o país, pois não é o futuro que divide os brasileiros, e sim o súbito ressurgimento de um passado doloroso. Enquanto esse passado não for exorcizado, vai ser difícil imaginar um projeto de futuro capaz de integrar a diversidade desse país e de restaurar a confiança e o respeito entre os brasileiros”, finaliza o historiador ao Le Monde.
Para ler matéria na íntegra, clique aqui: